Previsões para os Oscars 2019

Hoje é a grande noite de Hollywood, com a 91ª edição dos prémios da Academia, que apresenta uma das corridas mais renhidas dos últimos anos. Há várias categorias, incluindo melhor filme, em que vários chances podem ter uma palavra para dizer, pelo que vai ser uma noite interessante no Dolby Theatre. Tal como nos últimos... Continue Reading →

Crítica: A Favorita (The Favourite) – 2018

Yorgos Lanthimos é um dos autores mais interessantes a trabalhar na atualidade. Filmes como A Lagosta e O Sacrifício de um Cervo Sagrado, adorados por uns e odiados por outros, sem grande margem para meios termos, são das obras mais originais dos últimos anos, assentes sempre em personagens deslocadas da realidade e diálogos que são, no... Continue Reading →

Crítica: Glass – 2019

Quando M. Night Shyamalan apresentou ao mundo Fragmentado, era difícil prever que o aparentemente pequeno thriller era parte de algo muito maior. Apenas na última cena do filme ficámos a saber que o que tínhamos visto existia no universo de O Protegido, a desconstrução dos super-heróis que Shayalaman realizou em 2000. Afinal, Fragmentado era uma... Continue Reading →

Crítica: Roma – 2018

Demorei a conseguir escrever sobre Roma. É um filme que exige reflexão - não só enquanto se o vê, mas principalmente depois. Roma é uma ode à vida, um elogio supremo ao espírito humano, num magnífico e poderoso retrato daquilo que Cuáron vê na sua infância. Ocasionalmente aparecem filmes assim - filmes que nos recordam... Continue Reading →

Crítica: Venom – 2018

Após acabar de ver Venom, ficou-me uma questão que considero pertinente: será que os argumentistas, quando escreveram a frase "like a turd in the wind", repetida infinitas vezes em trailers, spots televisivos e tudo o que é marketing, sabiam que estavam a descrever perfeitamente o seu filme? Ou será pior do que isso e acharam apenas... Continue Reading →

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑